Pontos Cantados Oxossi

Pontos Cantados Oxossi – Clique aqui e escute nossa playlist Youtube

Oxossi é Rei da mata

Oxossi é Rei da mata,
me dá licença pra chegar
Sem a sua permissão,
eu não posso saravar ( bis)

Quem manda na mata é Oxossi
Quem manda nas águas é Yemanjá
Quem manda nas pedras é Xangô
Quem governa a Bahia é Nagô (bis)

Salve Pai Oxala
Salve mae mininiha
Do canzuá

Quem manda na mata é Oxossi

Quem manda na mata é Oxossi,
Oxossi é caçador,Oxossi é caçador.
Eu vi meu pai assobiar,
Ele mandou chamar.
É na Aruanda auê! É na Aruanda auá!
Seu Pena Verde de Umbanda,
Ele mandou chamar. 

Quero ver Balancear

Se meu Pai é Oxóssi
Quero ver balancear
Arreia arreia
Capangueira da Jurema, ô Juremá 

 Oxóssi Odé é São Sebastião

Para quem não conhece eu vou dizer
Oxóssi Odé é São Sebastião
Ele reina lá nas matas e nos campos
Ele é o dono da lavoura e do pão
Orilê Orileô, Orilê Orileô, Orilê Orileô
Para sua vida melhorar e nunca lhe faltar o que comer
Acenda uma vela lá nas matas para Oxóssi
E peça que ele vem lhe proteger
Orilê Orileô, Orilê Orileô, Orilê Orileô

 Oxossi Rei dos Caçador

No alto da serra, capitão da serra, na serra negra, onde Caboclo mora
No alto da serra, capitão da serra, a sua seta é uma jibóia
No alto da serra, capitão da serra, na serra negra, onde Caboclo mora
No alto da serra, capitão da serra, a sua seta é uma gibóia
Estava no alto da serra, grande gibóia que por mim passou
Estava no alto da serra, grande gibóia que por mim passou
Trazia um grande diadema, dizendo que era o Rei dos Caçador
Trazia um grande diadema, dizendo que era o Rei dos Caçador
Yoqui, Yoqui, Yoqui, que bambi oclimi, respondi, agô
Yoqui, Yoqui, Yoqui, que bambi oclimi, respondi, agô
Trazia um grande diadema, dizendo que era o Rei dos Caçador
Trazia um grande diadema, dizendo que era o Rei dos Caçador

—–XXX——

Senhor Oxossi  matou passaro de pena

Senhor Oxossi matou um passaro de pena (2x)
Aonde foi? Foi na mata da Jurema (2x)

 Gira Girar Oxossi

Quem manda a Gira girar, oi manda a Gira gira
Se é filho da Jurema, neto de Orucá, ele entra na Linha,
quem manda a Gira girar

Quem manda a Gira girar, oi manda a Gira girar
Se é filho da Jurema, neto de Orucá, ele entra na Linha,
quem manda a Gira girar

Apanha Maracanã, Tatamirô, apanha folha por folha, Tatamirô
Que ele é filho da Jurema, Tatamirô, criado no Jurema, Tatamirô
Apanha Maracanã, Tatamirô, apanha folha por folha, Tatamirô
Que ele é filho da Jurema, Tatamirô, criado no Jurema, Tatamirô

 Somos Filhos de Umbanda Oxossi

Quimbanda, Quimbanda, somos filhos de Umbanda
Quimbanda, Quimbanda, vamos entrar nessa banda
Quimbanda, Quimbanda, Umbanda tem alegria
Quimbanda, Quimbanda, com Deus e Ave Maria
Quimbanda, Quimbanda, Umbanda tem fundamento
Quimbanda, Quimbanda, o meu Pai é Quimbandeiro
Tempo disse, tempo dirá, tempo disse, tempo dirá
Que é funda a raiz da Jurema, que é funda a raiz do Orucá
Tempo disse, tempo dirá, tempo disse, tempo dirá
Que é funda a raiz da Jurema, que é funda a raiz do Orucá
No centro da mata virgem eu plantei raiz nasceu flores
No centro da mata virgem eu plantei raiz nasceu flores

 Saudação Oxossi e Caboclos
Saravá Oxossi, Okê Bamba
Umbanda Goiô,Goiô de Goiá
Oxóssi é Rei, Rei de Obatalá
Abri meu terreiro
Saudei meu conga
Chamei minha banda
Pra vir trabalhar
Umbanda Goiô,Goiô de Goiá
Oxóssi é Rei, Rei de Obatalá
Bem vindo essaa casa
que é de Peri
Que ele abençoe  a todos aqui
Umbanda Goiô,Goiô de Goiá
Oxóssi é Rei, Rei de Obatalá
Salve Pena Verde
Que vem proteger
No encontro das aguas
de Oxumare
Umbanda Goiô,Goiô de Goiá
Oxóssi é Rei, Rei de Obatalá
As alamas benditas
de Tupiassu
As forças da Terra
de Pai Omulu
Umbanda Goiô,Goiô de Goiá
Oxóssi é Rei, Rei de Obatalá
Ja fui em terreiro
Ja vi congá
Ja vi macumbeiro
Aqui em casa tomba
Umbanda Goiô,Goiô de Goiá
Oxóssi é Rei, Rei de Obatalá
Cheguei no terreiro
Salvei o congá
Aqui encontrei a padilha e Oxalá
Umbanda Goiô,Goiô de Goiá
Oxóssi é Rei, Rei de Obatalá
Busquei um terreiro
e cheguei aqui
Sarava o terreiro e o Caboclo Peri
Umbanda Goiô,Goiô de Goiá
Oxóssi é Rei, Rei de Obatalá 

 Oxossi vai pra sua mata

Seu oxóssi vai pra sua aldeia
Vai pra sua mata, lá na Jurema
Deixa um abraço pra todos seus filhos
Que pediu a benção de Pai Oxalá ( bis)

 Saravá meu Pai Oxossi

Oi saravá meu pai Oxossi
auê, aua
Oi macutara de malembe
oke bamba o clima
de mará Zambi

 Ele veio de tão longe

Mas ele veio de tão longe, para saravá oiá
Oi Bendito louvado seja ele é o rei de Obatalá
Bate o bumbo lá na aldeia, auê eá

 Ele é Oxossi é o caçador

Caboclos quando vem la da Jurema
ele traz na cinta uma cobra coral
se ele é caboclo, se ele é atirador
ele é oxossi, ele é o caçador

 O vento tá soprando na mata

O vento tá soprando na mata
Jogando as folhas da Jurema no chão
O vento tá soprando na mata
Jogando as folhas da Jurema no chão
O vento tá soprando, as folhas vão caindo
Oxossi as apanha com a mão

 Oxossi é Rei

Oke Oxossi
Oke caboclinho la na mata tem guiné,
Oxossi é Rei, ele é rei la na Macaia,
Ele vem la de Aruanda para saudar esse congá,
Ele ganhou flecha e bodoque,
Sua coroa quem lhe deu foi Oxalá.

 Eu vi chover, eu vi relampear

Eu vi chover
Eu vi relampear
Mas mesmo assim o céu estava azul
Samboepemba folha de jurema
Oxóssi reina de norte a sul.

 Foi Zambi quem criou o mundo

Foi Zambi quem criou o mundo
E é Zambi quem vem governar.
Foi Zambi quem criou o mundo
E é Zambi quem vem governar.
Foi Zambi quem criou as estrelas
Que iluminam Oxóssi lá na juremá.
Foi Zambi quem criou as estrelas
Que iluminam Oxóssi lá na juremá.
okê okê okê,
Okê meu caboclo okê.
Okê okê okê
Okê meu caboclo okê.