Pontos Cantados Marinheiros

Pontos Cantados Marinheiros – Clique aqui e escute nossa playlist Youtube

Sua morada é no mar

Seu marinheiro sua morada é no mar
Eu vou, eu vou remando,
Remando para o mar
Seu marinheiro que balanço é esse
É seu barquinho que vai para o mar,
Levando flores e velas, pra mãe Iemanjá

Minha jangada vai sair pro mar

Minha jangada vai sair pro mar,
Pra trabalhar, meu bem querer,
Se Deus quiser quando eu voltar do mar,
Um peixe bom eu vou trazer, ei de trazer,
Meus companheiros também vão voltar,
E a Deus do céu vamos agradecer.

Martim Pescador que vive a toa

Seu Martin Pescador que vive a toa
É bebendo marafo caindo na rua 

 Eu também sei nadar

Eu também sei nadar, também sei nadar no mar
Eu também sei nadar, também sei nadar no mar
Eu também sei nadar, também sei nadar no mar
Na barra apitou dois navios
Na barra apitou dois navios
Perguntando se podia entrar a barra já esta tomada seu marujo
A barra já esta tomada seu marujo essa barra quem manda é Oxalá

 Marinheiro Só

Eu não sou daqui, Eu não tenho amor
Eu sou da Bahia, De São Salvador

Ô, marinheiro marinheiro – marinheiro só
Ô, quem te ensinou a nadar – marinheiro só
Ou foi o tombo do navio – marinheiro só
Ou foi o balanço do mar – marinheiro só

Lá vem, lá vem – marinheiro só
Como ele vem faceiro – marinheiro só
Todo de branco – marinheiro só
Com o seu bonezinho – marinheiro só

 A onda me trouxe

A onda me trouxe,
O vento me leva,
Quando a onda passar,
Eu me sento na pedra

 Na boca do garrafão

Marujo bebe, na boca do garrafão,
pisa de pé em pé,
pra não cair no chão.
Marujo bebe, na boca do garrafão,
samba a noite inteira,
com a garrafa na mão.

 Os marinheiros de Martim Parangolá

Lá fora apitou o navio
Apitou e tornou a apitar
A barra está toda tomada
Os marinheiros de Martim Parangolá

 Rema a Canoa

Rema a canoa, marinheiro
Rema a canoa, devagar
Essa canoa só feita
Pra Martin Parangola
Rema a canoa, marinheiro
Rema a canoa, devagar
Essa canoa só feita
Pra Martin Parangola

 Cadê as ondas do Mar

O seu Martim cadê as ondas do mar
O seu Martim cadê as ondas do mar
Não sei deixei muito longe
Pisei na Umbanda e vim trabalhar
Não sei deixei muito longe
Pisei na Umbanda e vim trabalhar

 Artilharia já salvei

Artilharia já salvei, artilharia já salvei
Lá na ribeira deu sinal
Artilharia já salvei, artilharia já salvei
Lá na ribeira deu sinal
Seu marinheiro agüenta o leme
Seu marinheiro agüenta o leme
E não deixa o barco virar
Não deixa o barco virar

 Sou remador

Venho de longe minha jangada remar
Muito tempo sou remador
A lua nova clareia em alto mar
Sou marinheiro sou Martim Parangolá

 Canoeiro

O canoeiro vai descendo o rio
Bem de manhã antes do sol nascer
Seu pensamento voa nas alturas
Onde Deus mostra todo seu saber
Cada canoa leva uma pessoa
Cada pessoa pensa como quer
Enquanto pensa fala intimamente
Que seja tudo como Deus quiser 

 Sou Martim Parangola

Quem sou eu
Nem sei
Quem eu sou
Sei lá
Sou Martim Pescador
Sou Martim Parangola

 Meu navio ficou no mar

Saltei em terra meu navio ficou no mar
Saltei em terra meu navio ficou no mar
De longe vejo uma faixa azul
Seu moço perguntou quem era
Sou um marujo filho de dada Oxum  

 Ó cirandeiro

Ó cirandeiro, ó cirandeiro, ó
A pedra do teu anel
Brilha mais do que ouro em pó